SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.54 número1 índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

    Links relacionados

    • Em processo de indexaçãoCitado por Google
    • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

    Compartilhar


    Ciência e Cultura

    versão On-line ISSN 2317-6660

    Cienc. Cult. v.54 n.1 São Paulo jun./set. 2002

     

     

    SAÚDE

    Fiocruz estuda o impacto da violência de forma interdisciplinar

     

    Há mais de uma década, existe na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) o Centro Latino-Americano de Estudos da Violência e Saúde (Claves). A linha de pesquisa desse centro tem como principal objetivo a abordagem interdisciplinar do tema violência e o estudo do seu impacto na área de saúde. Vinculado à Escola Nacional de Saúde Pública, as pesquisas realizadas no Claves envolvem estudos em epidemiologia, psicologia e ciências sociais.

    Entre seus projetos estão a análise da mortalidade de idosos em regiões metropolitanas, por causas externas à sua saúde, e o estudo da influência da mídia sobre menores infratores. Os pesquisadores do Claves também estudam as mortes por lesões causadas em acidentes de trânsito, na cidade do Rio de Janeiro, o suicídio de jovens no Brasil, e as políticas públicas e os programas para adolescentes infratores no Rio de Janeiro e em Porto Alegre.

    "A violência é exercida, sobretudo, enquanto processo social, portanto, não é objeto específico da área da saúde", dizem Maria Cecília Minayo e Edinalsa Ramos de Souza, pesquisadoras do Claves e líderes do grupo de pesquisa em epidemiologia da violência. "Mas, além de atender às vítimas da violência social, a área tem a função de elaborar estratégias de prevenção, de modo a promover a saúde", afirmam.