SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.54 número1 índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

    Links relacionados

    • Em processo de indexaçãoCitado por Google
    • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

    Compartilhar


    Ciência e Cultura

    versão On-line ISSN 2317-6660

    Cienc. Cult. v.54 n.1 São Paulo jun./set. 2002

     

     

    PAGU

    Centro investiga características do atendimento nas delegacias da mulher

     

    A pesquisa “Gênero e Cidadania, Tolerância e Distribuição da Justiça”, desenvolvida no Pagu pelas professoras Guita Grin Debert, Maria Filomena Gregori e Adriana Piscitelli, com o financiamento da Fundação Ford, revela como é feito o atendimento a mulheres, idosos, adolescentes e crianças vítimas de violência pelas delegacias especiais de polícia que apuram e investigam os delitos. O enfoque especial é dado às Delegacias de Defesa da Mulher (DDMs), criadas em 1986 no Estado de São Paulo.

    O Núcleo de Estudos do Gênero - Pagu pertence à Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Segundo as pesquisadoras Guita Debert e Maria Filomena Gregori, o objetivo do trabalho é contribuir para a agilização das informações das DDMs, a uniformização dos dados e a promoção do entrosamento entre os agentes das várias unidades.

    Elas revelam que os dados disponíveis sobre o perfil social das vítimas e os acusados são quase inexistentes nas delegacias de polícia ou são muito precários. Sem esse tipo de informação é impossível maximizar a eficiência e melhorar a qualidade dos serviços prestados. A pesquisa está em andamento, será publicada no livro Gênero & Cidadania, que está previsto chegar ao público no segundo semestre de 2002.