SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.55 número1 índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

    Links relacionados

    • Em processo de indexaçãoCitado por Google
    • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

    Compartilhar


    Ciência e Cultura

    versão On-line ISSN 2317-6660

    Cienc. Cult. v.55 n.1 São Paulo jan./mar. 2003

     

     

    DOCUMENTÁRIO

    Campanha contra doenças na Amazônia

     

    A viagem do sanitarista Oswaldo Cruz (1872-1917) à Amazônia na primeira década do século passado, passando por Manaus, Belém, Santarém, Óbidos e Parintins, revelaram a situação de pobreza e falta de informação da população local. Um quadro propício a epidemias e que pouco se alterou até hoje na região. É que constatou a socióloga da Fundação Instituto Oswaldo Cruz (Fiocruz), Stella Oswaldo Cruz Penido, ao refazer a viagem de seu bisavô para a produção de um documentário.

    A partir de 1999, ela revisitou as localidades percorridas por Oswaldo Cruz, entre 1905 e 1910, durante as campanhas de vacinação contra a malária e a febre amarela. Esse trabalho de pesquisa resultou no vídeo-documentário histórico Oswaldo Cruz na Amazônia, lançado em maio de 2002 e produzido em parceria com o historiador Eduardo Vilela Thielen, com realização da Casa Oswaldo Cruz/Fiocruz e apoio das fundações Carlos Chagas e Faperj.

     

     

     

    O vídeo utiliza fotos inéditas, inclusive de acervo familiar, cartas, filmes, charges relativas à campanha e outra fontes de pesquisa, como relatórios de viagem. Stella Cruz conta que ficou impressionada com a riqueza do material. "Oswaldo Cruz tinha sempre preocupação em fazer registro das imagens", afirma. A pesquisadora informa que pretende publicar um álbum iconográfico com o resultado desse trabalho de documentação, e veicular o vídeo, de 55 minutos, na rede pública de televisão.