SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.59 número4 índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

    Links relacionados

    • Em processo de indexaçãoCitado por Google
    • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

    Compartilhar


    Ciência e Cultura

    versão On-line ISSN 2317-6660

    Cienc. Cult. v.59 n.4 São Paulo  2007

     

     

    INVESTIMENTO ESTRANGEIRO

    Estudo visa encontrar estratégias para atrair recursos diretos

     

    Um projeto executado em parceria entre a Secretaria de Desenvolvimento e as três universidades estaduais paulistas analisou estratégias de 18 países que concorrem para atrair atividades de pesquisa e desenvolvimento de empresas multinacionais e avaliou os fatores que as empresas instaladas no Brasil apontam como importantes para esse movimento.

    O conhecimento sobre a situação desses países permitiu situar o Brasil entre eles, destacando os quesitos que colocam o país em melhor posição na competição com os demais, e também aqueles em que é preciso investir em curto e longo prazo para aumentar sua capacidade de atração. Entre as principais vantagens competitivas brasileiras estão mão-de-obra de qualidade e tamanho do mercado, dois fatores críticos apontados pelas 88 empresas entrevistadas – por meio de um survey eletrônico e algumas entrevistas presenciais. Quanto aos itens que desfavorecem o Brasil foram apontados o baixo domínio da língua inglesa, insegurança em relação às questões relativas à propriedade intelectual e à segurança patrimonial. Outros fatores são instabilidade política e econômica, custos e burocracia para importação, dificuldades nas relações entre universidades e institutos de pesquisa com as empresas e, ainda, oferta restrita de recursos humanos qualificados.

    Para o responsável pela coordenação da pesquisa, Sérgio Queiroz, coordenador de Promoção de Investimento e Inovação, da Secretaria de Desenvolvimento do Estado de São Paulo, um projeto como este é importante porque incorpora o tema à política pública do estado, podendo fomentar melhores condições para o estado de São Paulo entrar nessa disputa que é cada vez mais acirrada, na qual países como China e Índia estão levando uma grande vantagem.

     

    Simone Pallone