SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.63 número3 índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

    Links relacionados

    • Em processo de indexaçãoCitado por Google
    • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

    Compartilhar


    Ciência e Cultura

    versão On-line ISSN 2317-6660

    Cienc. Cult. vol.63 no.3 São Paulo jul. 2011

     

     

    LAPIG

    Uma década de monitoramento ambiental

    Desde 1995, o Laboratório de Processamento de Imagens e Geoprocessamento (Lapig) da Universidade Federal de Goiás (UFG), vinculado ao Instituto de Estudos Socioambientais (Iesa), contribui de forma decisiva com o desenvolvimento acadêmico e científico do país, através de pesquisas ambientais realizadas em nível de graduação e pós-graduação (mestrado e doutorado), vinculadas ao estudo de ecossistemas por meio do sensoriamento remoto e de análises espaciais.

    A partir da última década, porém, com o advento de novas técnicas de geoprocessamento e de sensores orbitais, o laboratório passa a responder pelo monitoramento da cobertura vegetal e do uso do solo em grandes biomas, como o Cerrado e a Amazônia. Um desses sensores é o Modis (Moderate Resolution Imaging Spectroradiometer), com o qual é possível cobrir grandes extensões territoriais, com poucas cenas e elevada frequência de imageamento. Atualmente, dentre as principais pesquisas do Lapig, destaca-se o levantamento dos desmatamentos em todo o Cerrado (uma área de 2 milhões de km2, presente em mais de 10 estados brasileiros), realizado através do projeto Siad (Sistema Integrado de Alerta de Desmatamentos) – como mostra a figura 1 – , do qual são geradas análises de cunho físico, ecológico e socioeconômico.

    Outros projetos, conduzidos especificamente para esse bioma, envolvem a análise dos impactos da conversão do uso da terra sobre os recursos hídricos da região, o mapeamento e a caracterização biofísica de áreas de pastagens cultivadas, a caracterização das áreas desmatadas (expansão de áreas agrícolas), monitoramento de queimadas/precipitação, além de estudos relacionados com a modelagem de cenários futuros para o Cerrado, em termos da ocupação antrópica e da respectiva governança ambiental. Uma grande base de dados geográfica pode ser acessada de forma online através do portal do laboratório na internet (www.lapig.iesa.ufg.br), com a disponibilização gratuita de mapas, imagens de satélite, artigos científicos, dissertações, teses e notícias.

     

    Manuel E. Ferreira
    Email:
    manuel@iesa.ufg.br

    Ivonaldo F. Duarte
    Email:
    von_naldo@yahoo.com.br